Sindicato acerta pagamento do retroativo

Como é do conhecimento de todos, a CEAGESP passa por séria crise financeira. Diante disso, o Sindbast foi chamado à diretoria para negociar o retroativo referente à nossa vitória no Dissídio Coletivo. A Ceagesp anunciou então, que seria impossível pagar esse retroativo, de junho/2017 à 02/2018, de uma única vez. Propusemos que só negociaríamos caso houvesse a concordância da empresa em não pedir efeito suspensivo de nossa vitória no TRT. A empresa concordou a propôs pagar em seis parcelas. Não aceitamos e contrapropusemos o pagamento em quatro vezes, com o que a empresa concordou. Dessa forma, já, no próximo pagamento, todos estarão recebendo a correção salarial de 3,36%, resultado de nossa vitória na Justiça do Trabalho, lembrando que esse percentual incide sobre todas as cláusulas econômicas de nosso Acordo Coletivo.

Com referência ao retroativo, em abril receberemos a primeira parcela, lembrando que esse retroativo incide sobre todos os nossos benefícios. Receberemos a segunda parcela em maio, a terceira em junho e, finalmente, a quarta em julho, lembrando que, nesses retroativos, também incidirá o pagamento por avaliação de desempenho.

Assim, contemplamos também os nossos aposentados.
Confira nesta matéria, os originais de nossa Ata que contém o acordo com a Ceagesp.

Veja ata da reunião

1 comentário
  1. Marcos Fazano Diz

    Em abril ? Minha mãe ZÉLIA Fazano Ferreira Lima não recebeu. Parcelas do retroativo. Teve 80,00de aumento. É isso o retroativo?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.