Repúdio

O Sindbast repudia a forma truculenta da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, ao retirar hoje vários moradores de rua das proximidades da Ceagesp.

Sem os holofotes da mídia, os funcionários municipais removeram as barracas e atearam fogo em pertences desses moradores, que foram retirados do local à força e sem nenhum aviso.

A ação objetiva liberar a via para a conclusão da obra de uma ciclovia que ligará a Avenida Brigadeiro Faria Lima à Ceagesp.

Obra, aliás, que merece ser investigada, pois a Prefeitura já havia construído um trecho da ciclovia, mas por falta de espaço para passar uma bicicleta, providenciou uma nova construção.

Ou seja, além do descaso social, esse é mais um exemplo do dinheiro do contribuinte indo para o ralo diante da falta de planejamento e competência da Prefeitura de São Paulo.

Enilson Simões de Moura – Alemão (presidente do Sindbast)

Comentários estão fechados.